X
ÚLTIMAS NOTÍCIAS / SESSÃO
 
Vereadores cobram obras em passagem da Estrada Marilá
 
26/06/2019
Fonte: Secretaria Geral / Assessoria de Imprensa

Câmara também aprovou em definitivo o empréstimo de R$ 9,2 milhões para a pavimentação de sete bairros de Paiçandu

 

A sessão ordinária desta terça-feira (25) terminou com a aprovação de duas indicações que pedem do Poder Executivo a execução de obras de reparo na Estrada Marilá. O presidente, Carlos Antônio Batista (Carlos Itaipu), e o vice-presidente, Edson Alves dos Santos (Edson Chorãozinho), cobraram a reconstrução da passagem desgastada pela erosão, enquanto o vereador Carlos Cesar Martins questionou o uso de tubos, que considera como inadequados para a vasão da água do Rio Bandeirantes.

 

Na indicação conjunta (076/2019), Itaipu e Chorãozinho solicitaram que a prefeitura tome providências “o mais rápido possível”. De acordo com os parlamentares, a atual situação “coloca em risco a vida de agricultores e demais pessoas” que utilizam a Estrada Marilá. Os vereadores acompanham a discussão “há aproximadamente seis meses”, segundo informa a indicação.

 

Carlos Martins corroborou a urgência do serviço, indicando (087/2019) ao Executivo a necessidade de aumentar o diâmetro da tubulação que será utilizada para a reconstrução da passagem sobre o Rio Bandeirantes. O edil considera que os tubos levados até as proximidades não são recomendáveis para a obra.

 

Martins indicou, também, que a prefeitura tome providências quanto à ponte, localizada a cerca de 50 metros da passagem deteriorada pela erosão. Essa segunda estrutura, de acordo o vereador, apresenta “irregularidades e indícios de que pode romper a qualquer momento”.

 

Ambas as indicações foram aprovadas por unanimidade em plenário e seguem para a apreciação do prefeito Tarcísio Marques dos Reis.


EMPRÉSTIMO
Em segunda votação, com dispensa de terceira, os vereadores aprovaram o Projeto de Lei 3141/2019. O texto permite que o Poder Executivo Municipal contrate R$ 9.250.000 em operações de crédito com a Agência de Fomento do Paraná S.A. Os recursos serão utilizados na pavimentação asfáltica de sete bairros do município e na construção de um complexo esportivo chamado “Meu Campinho”.

 

Parte deste montante já estava autorizado pelo Governo do Estado do Paraná, mas não havia sido liberado ao município. Com o índice de gasto com pessoal (folha de pagamento dos servidores) acima de 51%, Paiçandu não detinha certidão negativa junto ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) para viabilizar o crédito. A situação somente foi revertida ao término do primeiro quadrimestre, quando outros projetos de pavimentação também foram apresentados ao Governo, chegando aos atuais R$ 9.250.000.

 

Segundo justificativa apresentada pelo prefeito, R$ 8,8 milhões serão aplicados na reurbanização (galerias e pavimentação) dos bairros Jardim Capital, Jardim Itaipu I, Jardim Itaipu II, Jardim Novo Horizonte, Jardim Pacaembu, Jardim Bela Vista II e Jardim Bela Vista I. O restante, cerca de R$ 450 mil, será investido na construção de um complexo esportivo “Meu Campinho”, em terreno municipal em processo de definição.


PROJETOS
Durante a sessão, os parlamentares também deliberaram sobre três projetos de lei e uma proposta de emenda. Acompanhe:

 

Projeto de Lei 3137/2019, de autoria do vereador Adenísio José da Silva (Adenísio Benção), que visa conceder título de Cidadão Benemérito de Paiçandu ao senhor José Nicolau – aprovado em segunda discussão.

 

Projeto de Lei 3140/2019, de autoria do vereador Carlos Aparecido Fenille, que visa conceder título de Cidadão Benemérito de Paiçandu ao senhor Laurindo Palma, ex-prefeito do município – aprovado em primeira discussão.

 

Projeto de Lei 3143/2019, de autoria do vereador Wesley Rodrigo Rossi, que dispõe sobre a prestação de serviços de psicologia e de serviço social na rede de educação básica de Paiçandu – aprovado em segunda discussão.

 

Proposta de Emenda à Lei Orgânica 01/2019, de autoria do prefeito Tarcísio Marques dos Reis, que altera a redação do inciso XXVI do artigo 71. Com a mudança, o artigo passa a assegurar o voto para a eleição do cargo de diretor nas escolas municipais, com mandato máximo de dois anos, e reeleição para um mandato de igual período – aprovada em segunda discussão.


OUTRAS INDICAÇÕES
Dolores Soto Martinez Zavatini indica (086/2019) ao Poder Executivo a destinação de uma ambulância de maneira permanente para o distrito de Água Boa. Atualmente, sem a ambulância, “os pacientes são obrigados a esperar a chegada do veículo por mais de três horas”, afirmou a vereadora na indicação.

 

Nilson Ribeiro Chagas (Nilson Extrabom) indica (088/2019) ao Poder Executivo a revisão, junto à Fundação Municipal de Saúde, do fornecimento de leite e de fraldas aos pacientes acamados. De acordo com o parlamentar, essa revisão precisa considerar uma quantidade suficiente para atender os necessitados pelo período de um mês e não menos.

 
 Galeria de Fotos
 
 Outras Notícias
» Vereadores discutem oito projetos de lei em plenário
» Alunos da Escola San Mateus visitam a Câmara de Paiçandu
» Câmara analisa empréstimo de R$ 9,2 milhões para pavimentação asfáltica
» Vereadores aprovam novas denominações para as autarquias de Educação e Saúde
» Câmara aprova concessão do auxílio alimentação para servidores contratados por PSS
» Câmara discute concessão do auxílio alimentação para servidores contratados por PSS
VER TODAS